Microbus: as artérias das cidades egípcias

Como muitas metrópoles mundo afora, Cairo e Alexandria tem um trânsito intenso e congestionado. Ainda assim, o transporte público em ambas as cidades é melhor que o de muitas cidades brasileiras.

Um papel importante no transporte público em Cairo e em Alexandria, assim como em outras cidades egípcias, é feito pelos micro-ônibus; ou microbus ou minibus como chamam os egípcios, aquelas vans em cor branca e azul semelhante à Topic.

Típicos micro ônibus utilizados no Egito

Típicos micro ônibus utilizados no Egito

O metrô em Cairo cobre apenas uns 15% da cidade, as linhas de ônibus se concentram nas áreas centrais e os tuk-tuk (os autorickshaws indianos) se restringem nas periferias em volta da área central. Então, os micro-ônibus são as artérias das cidades egípcias, pois ligam as diversas partes de um bairro ao “centrinho” do bairro, assim como às outras áreas da cidade a um preço barato e rápido.

Contudo, o mais curioso é a forma de pagamento dentro de um micro-ônibus. Cada passageiro paga (normalmente em moedas) a quantia proporcional à distância diretamente ao motorista. O dinheiro passa de mão em mão até chegar a alguém lá da frente que confere a quantia de dinheiro e o número de passageiros.

Então, nos vemos até o próximo microbus, opa egyptian style! Maa salam!

Anúncios

Ah! Os autodrivers não conhecem a cidade

Bom galera, uma das coisas que mais me chamaram a atenção na Índia é como a maioria dos autodrivers (condutores de autorickshaw) mal conhecem a cidade, sobretudo nas grandes cidades. Isso mesmo!

Pequenos e rápidos, os autorickshaw são um dos meios de transporte mais utilizados por toda a Índia

Pequenos e rápidos, os autorickshaw são um dos meios de transporte mais utilizados por toda a Índia

Eles geralmente são das pequenas cidades do interior ou dos vilarejos que migraram à cidade grande para tentar a sorte, quando não de outros estados. Ou eles trabalham para alguém que tem uma frota de autorickshaws ou compram um autorickshaw depois de muito trabalho duro e sacrifícios, ou são filhos de autodrivers

Logo, muitos mal conhecem a cidade e não têm a mínima noção das distâncias, ou conhecem apenas as áreas centrais e os pontos turísticos. Então, fica a dica para sempre ter em mãos o endereço e checar o trajeto e a distância para que se tenha uma base para barganhar a corrida, caso contrário, vão sobretaxar. Oh, se não vão….!

Ao longo de uns meses, é normal um estrangeiro conhecer a cidade melhor que muitos autodrivers hahaha!